Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

O poder que temos sem sabermos

01.02.21, Dulce Ruano
Quantas vezes damos com nós próprios a pensar numa coisa e inconscientemente fazemos outra que nada tem a ver, quem nunca encontrou o suporte dos guardanapos dentro do frigorifico ou passou uma eternidade à procura dos óculos que tem no rosto. Na verdade uns mais distraídos que outros, já me disseram que tem a ver com o nível da inteligência do individuo, fiquei perplexa porque então eu não devo ser lá muito inteligente, talvez no fundo seja um bocadinho porque também me (...)

Os Anjos que vieram não sei de onde

14.01.21, Dulce Ruano
Acordei, levantei-me e fui trabalhar. Nesse dia senti uma dor numa perna que ignorei como sempre faço quando algo me dói, sei que nem sempre é assim, mas quando possível não alimento a dor, em vez de alimentar o cérebro com esse sentimento negativo desvio os pensamentos para coisas boas e as más acabam por passar, quando assim tem que ser, obviamente, pois às vezes temos coisas que de nada serve nos distrairmos e temos que cuidar de outra forma.   Ainda assim, a dor da perna foi (...)

Rebeldes indomáveis

11.01.21, Dulce Ruano
  Quando teenager, aquela fase dos namoriscos, dos amores, desamores, da beleza de teenager, pessoalmente achava-me uma desgraça, tão pouco aqui vou desabafar lamúrias porém, e de uma forma particular, sentia-me uma miserável com os jeitos ou os não jeitos do meu cabelo, rebelde até mais não aguentar, totalmente indomável, é que era um cabelo aparentemente liso mas o desgraçado tinha uns jeitos e umas manhas que me tiravam do sério e acabaram por ser um degredo na minha vida (...)

Ei-los à solta

08.01.21, Dulce Ruano
Hoje fui à cabeleireira. Cabelo liso, comprido, castanho, nunca soube o que é um pingo de tinta ou que quer que seja. Aparentemente parece uma banalidade ir à Cabeleireira mas para mim não é, para mim é um acto heróico e de coragem, já estava com as pontas ligeiramente espigadas e se por natureza já custa dominar quando as pontas precisam de ser cortadas nem consigo descrever o que já não lhe consigo fazer! Louvo a arte de trabalhar com cabelo, estes profissionais necessitam de (...)

Desejos 2021

06.01.21, Dulce Ruano
Na passagem de ano muitas são as tradições, desde a cueca azul, ao brinde, aos beijos, aos abraços, à folha de louro na carteira, uma roupa nova, entre muitas outras para além das famosas passas, porém confesso que nunca dei importância a nada em particular e tanto me faz estar numa grande festa como até já estar a dormir na passagem da meia noite, tudo isto porque em pequena descobri que no dia a seguir era um dia como outro qualquer. Já comemorei a passagem de ano em grandes (...)

Sara Carreira, a dor que deixa

06.12.20, Dulce Ruano
Já hoje chorei emocionada ao ver um vídeo de Tony Carreira a cantar com a filha Sara, ouvi a letra com atenção, observei o olhar brilhante de Tony para a sua menina, que comovente a forma como ele venera a sua filha, confesso que me derreti ver a expressão de um amor tão profundo pela sua cria e talvez porque o Tony se expressa tão bem nos seus sentimentos que cativa a sua legião de fãs. Quando vi este vídeo, do tema “Hoje menina, amanhã uma mulher” foi impossível ficar (...)

O filho vinagrento

26.11.20, Dulce Ruano
Quem me conhece de perto sabe que não gosto de vinagre, gostava de gostar, mas não consigo absorver aquela intensidade de sabor nas minhas papilas gustativas além de que o cheiro das partículas vinagrentas entram-me pelo olfacto adentro com tal ferocidade que se colam às paredes internas do nariz e de tão agarradas tenho a impressão de ficar toda envinagrada pelo corpo todo. Desde sempre, em Familia, quando havia saladas às refeições e antes de serem temperadas tiravam um (...)

Parabéns Raposa

15.11.20, Dulce Ruano
A Sorte da Raposa, está de Parabéns, não só pelo primeiro aniversário, hoje 15 de Novembro, como pelas vezes que foi procurada, que tenha sido pelas novidades ou que tenha sido pela curiosidade, ou pelo que quer que seja ficarei imensamente grata a quem me visitou e a quem me inspirou. A prova disto é que, sozinhos somos pouco, a título de um mero exemplo, de nada adianta ser-se milionário em dinheiro se não tiver amigos ou Familia, por tal, a Sorte da Raposa não seria nada (...)

Trata de ti, não esperes

08.11.20, Dulce Ruano
Aqui há uns anitos, após ter feito um longo tratamento de manutenção à glândula da tiróide - a borboleta que temos no pescoço ...... ..... acabei por ceder à sugestão do médico removendo-a na totalidade, na altura estava com bócio, havia vários nódulos misturados, muito agarrados e antes que se zangassem uns com os outros e acabando mal, tratou-se do assunto. Confesso que foi das coisas que mais me custou, foi horrível, não é de todo pêra doce, o meu pescoço ficou (...)

E quando o tempo é de liberdade

04.11.20, Dulce Ruano
Já não é a primeira vez que penso como será a minha vida quando chegar a velhota, naquela fase de vida que supostamente será a melhor idade para curtir a vida devido ao conhecimento, à liberdade, à experiência, acredito o quão brutal isto tudo junto seja, haja saúde! Francamente, é isto mesmo que eu espero para daqui a uns bons anos que ainda faltam. Depois de pensar nisto algumas vezes cada vez mais me convenço que nessa altura de vida será a melhor de todas, não é que (...)