Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

Sentir a respiração dentro de nós

04.02.21, Dulce Ruano

RESPIRAR.jpg

Tivera conhecimento de pandemias mas jamais me passaria pela cabeça passar por uma. 

Logo de inicio pressenti que era coisa séria, senti muita coisa que foi acontecendo à medida que o tempo passava, fui tendo os meus cuidados mas confesso que nunca me senti obcecada, tão pouco exigente, durante algum tempo que estive em casa devido a períodos de Lay off e dias de férias forçadas acabei por ter uns dias fantásticos, só tive pena de gastar dias de férias em casa, mas tudo bem!

Desde inicio que uma das milhares de coisas a acontecer no mundo me deixou apreensiva: O estado emocional das pessoas! dificil lidar com uma vida diferente, dificuldades surgem em todos os níveis e uma delas é não saber como enfrentar as afrontas de quem está fechado num quarto, a preocupação com a saúde, com a Familia, com o mundo e o que fazer num isolamento a que se é obrigado.

Não é de todo fácil, o ser humano foi-se moldando a horários, lugares, ambientes e repentinamente é privado de tudo, mesmo para quem tem de sair todos os dias para trabalhar lhe é dificil viver estes dias mais para quem está fechado ou perdeu o emprego, ou quem tem de gerir, sabe-se lá como a nova vida carregada de dificuldades.

Acima de tudo, não podemos baixar os braços, e como? Abrirmos a mente e aceitar o que temos, valorizar o que temos à nossa volta, valorizar as nossas conquistas, atraírmos pensamentos positivos e afastar, sempre que possível, os menos bons, sermos criativos e isto não quer dizer que nos afastemos da realidade, aquela que é a nossa, aquela que faz parte da vida e do mundo.

O meu lema de vida sempre foi este: Insistir, persistir e nunca desistir, nunca me dei mal sempre que pensei assim, também às custas de traçar objetivos e ir atrás deles, para isso travei as minhas batalhas, quase sempre conquistei o que me propus e também a pensar assim consegui conquistar alguma paz em mim (a paz é relativa, não é mensurável).

Para atingir alguma tranquilidade em tudo o que sinto aprendi a respirar, ou melhor, respirar é algo nato em cada um de nós caso contrário não teriamos vida, o mais estranho disto é que apesar de todos respirarmos não nos damos conta disso por ser tão intuitivo e necessário.

Questiono se alguma vez deram conta da vossa respiração, o simples acto de entrar ar pelo nariz, vai aos pulmões e volta a sair pelo nariz ou pela boca, muitos provavelmente dizem que não, então o desafio é esse, dêem conta da vossa respiração. Deixo indicações simples e básicas:

Procurem um lugar onde se sintam bem .

Descontraiam, relaxem completamente todos os músculos do vosso corpo, levem o pensamento para tudo o que o constitui, comecem pela cabeça percorrendo até à ponta dos pés ou em sentido inverso.

Asseguraram-se que estão em relaxamento físico total? (que tal descontraírem os ombros, hein? Ehheheh) = aposto que estavam contraídos!

Não tentem controlar a respiração,  deixem apenas entrar e sair o ar, tudo normal…

Não reflitam sobre nada, apenas sintam… o ar entra…o ar sai….

Concentrem-se nas sensações associadas à respiração.

O ar que entra, passa pela garganta, entra nos pulmões e faz o trajeto ao contrário…

Os movimentos do peito e da barriga, sobem e descem, ao seu ritmo natural, nada é forçado….

Sintam todo o vosso organismo a respirar….

Se sentirem a vossa atenção a dispersar-se, é normal…quando se aperceberem disso só têm de regressar à consciência da respiração.

Ponham no centro da vossa atenção todas as sensações físicas ligadas à respiração…consciência dos movimentos do peito e da barriga….consciência de todo o vosso organismo que respira, sozinho e de forma tranquila….

 Estou certa que isto vos ajudará a encarar a vida de outra forma, mais leve, mais positiva e mais certa estou que vos deixará mais felizes em tudo o que fazem e que vos acontece. 

Somos todos fortes só ainda não o descobrimos 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.