Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

A Sorte da Raposa

Partilha de emoções, experiências, reflexões ❤

Arvorismo

23.09.22, Dulce Ruano
Passar por experiências acrescenta-nos em sabedoria, satisfação, afirmação e torna-nos especiais. Há uns anos quando passava por momentos radicais achava que tinha de os aproveitar porque com o passar da idade, a destreza iria reduzir além de que a vontade em meter-me em aventuras também diminuia devido à própria natureza do ser humano. Analisando as aventuras e emoções que tive no passado diria que em comparação estou, atualmente, mais radical, com mais destreza, força, (...)

O vicio da Mini Maratona

20.03.22, Dulce Ruano
A primeira vez que participei na mini maratona em Lisboa foi por curiosidade, no final da prova, apesar de me ter custado um bocadinho, pois não estou habituada a correr em ambiente urbano senti-me bem e gostei, diga-se de passagem que aquela adrenalina de andar por ali a correr me soube bem, eu ida do interior, a correr na capital. Agora tornou-se num mini vicio e sempre que lá vou digo sempre que a próxima vez vou-me deixar de provas minis e passarei à meia maratona, possas, uma (...)

GRZ 33 - O Cão não fala

15.03.21, Dulce Ruano
A teimosia leva-me a fazer aquilo a que me proponho, se há uns dois anos soube da existência da GRZ33 quem diria que estaria a pouco mais de um passo de a fazer mesmo achando que seria difícil arranjar tempo e condições para tal. As coisas às vezes parecem mais complicadas do que aquilo que são verdadeiramente, tenhamos nós uma dose de aventura, audácia, força, coragem e a confiança de que nada nesta vida é impossível de fazer, temos assim os ingredientes necessários para a (...)

A noite que dormi em cima dum sapo

12.05.20, Dulce Ruano
  Certa vez ... atravessávamos o mês de Novembro, já estava frio, dias curtos e cinzentos, eu, meu companheiro, a Sissas e o Clapton. Com o fim de semana a chegar, sôfregos por aventuras e diabos a quatro, fomos acampar por dois dias. Agarrámos nas barraquitas, sacos cama, um tacho, fogão e mais umas coisas necessárias para o acampamento à selvagem, o destino estava mais que decidido, Covão D'Ametade na Serra da Estrela. (Poderão saber mais qualquer coisita sobre este lugar (...)